segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Meu porta-lencinho


E chega o friozinho de repente depois de vários dias de estiagem aqui em Sampa... E com isso a minha rinite alérgica também! Fiz este porta-lencinho para minhas emergências. O appliqué é do maravilhoso livro da coleção Art to Heart, “Alphabet Garden” (um dos meus preferidos!). As letras são ótimas ideias para aplicar naqueles presentes diferenciados onde vão as iniciais das pessoas queridas: em barrados de toalhas, almofadas, painéis... e porta-lencinhos, é claro! rs.


Tortas!

Uma salgada e uma doce, só pra variar... rs. Estas duas receitas peguei numa revista Manequim...

Torta bandoleiro

Massa

4 xícaras (chá) de farinha de trigo

1 colher (sopa) de fermento em pó

1 colher (chá) de sal

1 ovo

1 xícara (chá) de leite

1 xícara (chá) de batata cozida e amassada

2 colheres (sopa) de margarina

Gema para pincelar

Recheio

2 colheres (sopa) de óleo

2 dentes de alho amassados

1 cebola média picadinha

1 peito de frango cozido (usei um de 600g)

1 xícara (chá) de salsa e cebolinha

2 tomates picados

1 xícara (chá) de farinha de milho

2 xícaras (chá) de caldo de frango (usei 1 xícara)

2 cenouras raladas

Prepare a massa: Junte a farinha, o fermento e o sal. Adicione o ovo, o leite, a batata e a margarina. Amasse sem sovar e divida em duas partes. Abra uma com o rolo e forre a forma (sem untar).

Prepare o recheio: Refogue a cebola e o alho no óleo. Acrescente o frango já desfiado. Retire do fogo e misture os outros ingredientes. Coloque o recheio sobre a massa e cubra com a outra parte. Pincele com a gema e leve ao forno médio preaquecido. Rende 15 porções.

Dicas: Para variar, invente outros recheios - queijo, presunto, carne...

Obs: Não sei porque essa torta tem esse nome, mas que é uma delícia, isso é...

Torta de pêssego

1 1/3 de xícara (chá) de farinha de trigo

¾ de xícara (chá) de açúcar

½ colher (chá) de canela em pó

1 colher (sopa) de fermento em pó

½ xícara (chá) de manteiga

1 lata de pêssego em calda escorrido

1 ovo

1 xícara (chá) de creme de leite


Preaqueça o forno em temperatura moderada (180°C). Em um recipiente misture a farinha de trigo, o açúcar, a canela e o fermento. Acrescente a manteiga aos pedaços e misture com a ponta dos dedos até obter uma farofa. Reserve ½ xícara (chá) dessa mistura e aperte o restante no fundo e nos lados de uma forma refratária com cerca de 25cm de diâmetro. Arrume as metades de pêssegos (com o lado arredondado para cima) sobre a massa e polvilhe a mistura reservada. Leve ao forno para assar por 5 minutos. Bata o ovo com o creme de leite, despeje sobre os pêssegos e asse por mais 35 minutos ou até que esteja firme. Sirva morno. Rende 8 porções.

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Paulista noturna

Tempo extremamente seco e noite agradável... Hoje quando saí do meu trabalho que fica na Avenida Paulista, e meio que inspirada (rsrs), fui clicando aqui e ali... Vejam uns closes da beleza noturna da avenida mais paulista das avenidas!



segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Antes da chegada do Natal...

Vasculhando meus arquivos, achei as fotos destes bonecos de Papai Noel country... Fiz tantos no passado!


Tecidos e mais tecidos!


Ueba! Comprei mais tecidos da eQuilter... Não tem jeito, esse é um vício do qual não consigo me livrar: comprar tecidos!... Mas melhor do que ser viciada em outras coisas, né, não? rs...

Bolo Shrek ou Incrível Hulk

Este bolo verdinho e diferente já é bem famoso pela Internet afora, mas às vezes faço para matar a vontade... rs. A receita quem me deu foi a minha amiga Rita...

Bolo verde de limão

4 ovos
1 copo de iogurte natural

1 copo de óleo (usei 1/2 copo)

1 pacote de gelatina sabor limão

1 pacote para mistura de bolo sabor limão (usei este)

1 colher (sopa) de fermento em pó

1 lata de leite condensado

raspas de limão

suco de limão a gosto (usei 2 limões)

Massa: Bata no liquidificador os ovos, o iogurte, o óleo, a gelatina, a mistura para bolo. Acrescente o fermento e misture. Leve ao forno preaquecido em forma untada, de preferência redonda com um furo no meio, até dourar ou o palito sair limpo.

Cobertura: Bata no liquidificador a lata de leite condensado, as raspas de limão e o suco de limão a gosto. Leve à geladeira até que o bolo asse. Depois é só desenformar o bolo e passar a cobertura (faço isso com o bolo já frio).


Dicas: Pode ser usado iogurte e leite condensado light. Pode usar a mistura para bolo sabor laranja caso não encontre a de limão.


quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Amar é...

Sempre gostei de poesias e esta de Décio Pignatari ficou guardada na minha memória:


Amar eternamente

Amar é ter na mente

Amar eterna mente

Amar éter na mente...


Pelo que perceberam, hoje eu não tinha nada de patch para postar... rs.

Da Vinci, Botticelli, Renoir...

... e tantos outros pintores maravilhosos cujas obras-primas retratadas em um só vídeo (recebi por e-mail...)! E desliguem o playlist do Patchworkahólika abaixo...

video

domingo, 15 de agosto de 2010

Para salgadinhos... docinhos... bombonzinhos...

Tenho alunas e amigas que reclamam que não tenho atualizado o meu blog com a assiduidade de antes... Com a correria e a falta de tempo vou tentar pelo menos uma postagem por semana, ok? Nem que seja apenas uma frase, uma foto, uma bobagem qualquer... rs.


Eu tinha um pedaço minúsculo deste tecidinho tão lindo e delicado (comprei de uma colega do curso de patch que o trouxe do Japão!) e não tinha ideia do que fazer com ele... Resolvi então fazer esta cestinha para acondicionar os biscoitinhos de laranja que fiz... Casamento perfeito, não?

Biscoitinhos de laranja


3 xícaras (chá) de farinha de trigo

1 colher (chá) de fermento em pó

1 colher (café) de sal

100g de manteiga

1 ovo

½ xícara (chá) de açúcar

1 colher (sopa) de raspas de laranja (raladas no ralo fino)

Peneire juntos a farinha de trigo, o fermento em pó e o sal. Reserve. Misture a manteiga, o ovo, o açúcar e as raspas de laranja e bata bem. Acrescente aos poucos os ingredientes peneirados reservados, amassando com as mãos. Faça bolinhas, comprima-as com um garfo e arrume-as em um tabuleiro untado e polvilhado. Asse em forno moderado por 15 minutos.


Fiz mais esta em tons de rosa e marrom para presentear no níver da amiga e professora de bordados Paty Orsi (embora eu não tenha feito muitas aulas com ela como gostaria, pois este ano realmente está sendo fogo pra mim!). Dentro coloquei bombonzinhos para incrementar o presente...

domingo, 8 de agosto de 2010

Meu pai...

Foto tirada da Internet


Quero homenagear este homem que me ensinou os primeiros passos e a formar o meu caráter. Obrigada, pai, por tudo!

Feliz Dia dos Pais para todos os papais!

Bolo enfeitadinho

Acredito que o bolo de chocolate seja o preferido da maioria das pessoas... e assim é o meu... Peguei esta receita do blog Mirepoix (adoro esse blog!) e enfeitei com estes confeitinhos que tinha em casa, esperando a oportunidade para serem usados... Taí! Pra comemorar meu níver de novo e o Dia dos Papis... rs.

Bolo de chocolate de liquidificador

Massa

1 xícara (chá) de leite morno

3 ovos

4 colheres (sopa) de margarina derretida

2 xícaras (chá) de açúcar

1 xícara (chá) de chocolate em pó (usei este)

2 xícaras (chá) de farinha de trigo

1 colher (sopa) de fermento em pó

Bata bem todos os ingredientes da massa no liquidificador. Coloque em uma forma redonda, untada e enfarinhada. Asse por cerca de 40 minutos em forno médio preaquecido.

Cobertura

1 xícara (chá) de açúcar

3 colheres (sopa) de amido de milho

5 colheres (sopa) de chocolate em pó (usei este)

1 xícara (chá) de água

Quanto baste de sal

3 colheres (sopa) de margarina

1 colher (chá) de essência de baunilha

Leve todos os ingredientes ao fogo até engrossar em ponto de brigadeiro. Cubra o bolo em seguida.

Presentinhos de níver...

Dentre os muitos presentes que ganhei por ocasião do meu níver (roupas, flores, creminhos, produtos de beleza, objetos de decoração...) sempre há aqueles que me emocionam de tal forma que se tornam especiais para mim: ganhei este bloquinho de anotações hand made by minha amiguinha de curso de patch, a Rosinha. Essa moça tem talentos múltiplos: faz patch, cartonagem e agora scrap!


Ganhei de alunas muito queridas estes estojos que eram tudo o que eu precisava: para guardar meus apetrechos de patch. O importante é que organizará parte das minhas bagunças que mais parecem objetos revirados por um tsunami... rsrs.


Rio Patchwork Design em BH


Este evento de patch que tem origem no Rio agora se expande também para Belô! Quem sabe um dia eu possa estar por ali passeando, né! rs...

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Almofada Santo Anjo do Senhor

Não falei que realmente este ano a cegonha está soltíssima? rs... Recebi de uma amiga esta encomenda... ela queria presentear uma amiga que acabou de ser mamãe de uma menina e eis que fiz uma almofada com a oração do Santo Anjo do Senhor (totalmente bordada à mão) em tons branco e rosinha... Ficou delicadíssima! E vem mais (cegonha) por aí... rs.

Meu níver 2010


Para o meu níver que foi ontem, dia 4, encomendei com a Keiko, irmã da minha amiga Taheco, estes bolinhos da vida (com opções de cobertura de pasta americana ou chocolate branco!)... E saí distribuindo para amigos, familiares, colegas de trabalho e de cursos...

Bolo de maçã (com casca) e canela

Fazia um tempão que eu não preparava este bolo e tinha esquecido o quanto é bom! A receita é da minha amiga Valéria...


Bolo de maçã (com casca) e canela


5 maçãs grandes (Fuji de preferência; reserve as cascas)
3 ovos inteiros
1 xícara (chá) quase cheia de óleo
3 xícaras (chá) de farinha de trigo
1 ½ xícara (chá) de açúcar
1 colher (chá) de fermento em pó
canela a gosto.

Bata no liquidificador as cascas das maçãs, o óleo e os ovos. Pique as maçãs, adicione 1 colher (sopa) de açúcar e um pouco de canela, e reserve. Numa vasilha, coloque a farinha de trigo, o açúcar, o fermento em pó e junte a mistura do liquidificador. Mexa levemente e junte as maçãs picadas. Coloque em forma untada e polvilhada. Asse em forno moderado por 35 a 40 minutos. Depois de assado, polvilhe açúcar e canela.

PS: Tinha um pouco de uvas passas dando bobeira na geladeira e não pensei duas vezes: taquei na massa do bolo!