domingo, 29 de maio de 2011

Ecobags pra que te quero

Mais duas ecos de encomenda saídas do forno... E mais uma vez utilizei o redwork e o greenwork da Miwa.



Esta fiz para a médica de minha mãe que admira muito o patch... O tema melancia & flores do redwork também se repete na estampa do tecido...



Esta fiz para um colega de trabalho que presenteou a mãe. Ele quis que além das duas alças normais, também tivesse uma a tiracolo... legal, gostei, também vou fazer uma pra mim... rs. E o mais legal é que toda vez que ela for usar e olhar para a casinha, se lembrará do filho arquiteto... J PS: Sei que ando em falta com trabalhos com o verdadeiro patch... mas estão vindo por aí... :)

Capa para máquina de costura by Paula

Dei umas pequenas dicas para a Paula confeccionar esta belíssima capa para a sua (como ela própria diz) chique e poderosa Brother... rs.


Querem ver mais trabalhos lindos da Paula? Cliquem no Craft and Love, blog muuuito fofo!


E enquanto isso, não tenho nenhuma capa para as minhas máquinas, apenas 3 iniciadas.... L. Oh, que vergonha...


Rio Patchwork Design

Semana que vem começa mais um evento de patch no Rio! E lembrando que a edição paulista será no mês que vem no Centro de Convenções Frei Caneca!

Trança de leite

Esta receita peguei na revista make número 23 (a que está nas bancas). São no total 6 receitas de pães do saudoso Benjamin Abrahão (quero fazer todas!)...

Conheço a revista make desde o primeiro número e na minha opinião é uma das poucas revistas brasileiras que reúne tantas coisas fofas e que gostamos, a começar pela culinária e pelo patchwork...



Trança de leite


Massa


600g de farinha de trigo


30g de fermento biológico


100g de manteiga


100g de açúcar


3 ovos


1 pitada de sal


20g de leite em pó


essência de baunilha a gosto


180ml de leite


Em uma vasilha ou na batedeira, faça uma esponja com 100g de farinha de trigo, o fermento e um pouco de água. Deixe descansar 10 minutos. Após este descanso, adicione os demais ingredientes e faça uma massa bem macia e lisa. Espere o crescimento durante 10 a 20 minutos. Após o descanso faça os pães, pincele com ovos mexidos e espere novamente o crescimento, até dobrar o volume. Leve ao forno preaquecido a 180°C.




Cobertura


50g de leite


40g de leite em pó


Misture bem os ingredientes para obter um creme liso. Coloque sobre o pão assado.

Pizza-suflê

Que friiio é esse?

Hoje eu realmente estava inspirada na cozinha... (tadinho do patch!) rs.


Acho que foi o frio que me empurrou para o calor do fogão...


Mais uma receita deliciosa que recebi da minha prô de quartas quinzenais à noite, Rute Sato, mas numa corrente de receitas culinárias... rs. Também fiz um bolo de mel (que peguei num blog de patch), mas não ficou nada bom, por isso nem vou postar a receita - não sei se a culpa foi da cozinheira aqui, da receita em si ou dos ingredientes que usei...



Pizza-suflê




2 xícaras (chá) de farinha de trigo


1 ovo inteiro


sal a gosto


1 xícara (chá) de leite


1 colher (sopa) de fermento em pó


½ xícara (chá) de óleo


Junte todos os ingredientes numa tigela, misture bem. Coloque na assadeira untada (usei forma redonda simulando pizza... rs). Coloque o recheio sobre amassa e leve ao forno para assar.



Recheio


1 lata de atum (na próxima acho que colocarei 2)


2 tomates (desta vez usei tomatinhos uva, mas na próxima usarei tomates comuns picadinhos ou em rodelas)


1 cebola em rodelas


Sal e azeite a gosto


Se quiser pode refogar primeiro.

domingo, 22 de maio de 2011

Pesinho de porta

Minha casa bate uma ventania!

Pra não dizer que não postarei nada de patch, hoje fiz rapidinho este pesinho de porta (o tecido é da maravilhosa designer Nancy Halvorsen)... ficou meio murchinho porque faltou recheio de pedrinhas, mas assim que eu conseguir enchê-lo mais, substituirei a foto... J

Blusas de tricô

O patch anda muito devagar... devagar quase parando. Não sei se é por causa do frio, ou preguiça, ou até mesmo desânimo, mas ultimamente depois que chego em casa depois de um exaustivo dia de trabalho só consigo encarar a cama! rsrs...


Vou postar hoje duas blusas de tricô que fiz há muito tempo... muito mesmo! Talvez hoje eu nem seja capaz de fazê-los com a maestria que fiz nessa época tão áurea... J

Blog Craft and Love by Paula

Hoje quero apresentar um blog cheinho de coisinhas fofas, lindas e de muito bom gosto. Não sei se é minha cria (rsrs) pois a Paula, dona do Craft and Love, foi minha aluna e espero retomar as aulas como professora em breve, quem sabe pro ano que vem?


Bolinhos de abóbora japonesa feitos no vapor

Mais uma receita que peguei no Facebook da minha prô de quarta à noite quinzenal de vez em quando – Rute Sato. Sabem aqueles bolinhos típicos japoneses recheados com feijão azuki? Estes são diferentes pois levam abóbora japonesa tanto na massa como no recheio... achei bem interessantes!



Bolinhos de abóbora kabotchá feitos no vapor




300g de farinha de trigo


3 colheres (sopa) de açúcar para misturar na farinha


4 colheres (chá) de fermento em pó


500g de abóbora tipo kabotchá (japonesa) sem sementes e sem casca


2 colheres (sopa) de açúcar para colocar na abóbora amassada


4 a 8 colheres (sopa) de água fria



Corte a abóbora em pedaços e cozinhe no forno microondas ou à vapor. Amasse a abóbora cozida com um garfo e acrescente o açúcar, misture bem. Separe a abóbora amassada em 2 partes: uma para misturar à massa e outra metade para o recheio. Prepare a massa misturando a farinha com o açúcar. Acrescente aos poucos a farinha na abóbora amassada, misturando-as. Coloque o fermento em pó. Vá acrescentando colheres de água e amasse com as mãos até que a massa fique macia. A quantidade de água depende da umidade da abóbora. Separe a massa em 10 partes iguais, ou mais (eu dividi em 20!), caso prefira bolinhos menores. Separe o recheio na mesma quantidade da massa. Estique cada parte da massa em forma circular, coloque o recheio e feche formando bolinho. Coloque cada bolinho sobre um pedaço de papel manteiga culinário para não grudar. Cozinhe os bolinhos na panela à vapor durante 15 minutos. Procure não abrir a tampa da panela durante o cozimento.


Obs: Os doces japoneses não são muito doces. Caso prefira mais doce, aumente a quantidade de açúcar.

Macarrão com shimeji ao molho branco


Às vezes uma massinha vai bem, né? Este macarrãozinho é uma delícia! A receita peguei no Orkut da Paty Orsi (Paty, saudades das suas aulas de bordado!).



Macarrão com shimeji ao molho branco


200g de shimeji


2 colheres (sopa) de shoyu (molho de soja)


1 caixa de creme de leite


4 colheres (sopa) de margarina


1 ½ xícara (chá) de leite


2 colheres (sopa) de farinha de trigo


Cebola, alho, cheiro verde, sal a gosto




Dourar a cebola e o alho em 2 colheres (sopa) de margarina, refogar o shimeji picado até secar. Acrescentar o shoyu e reservar. Dissolver a farinha de trigo no leite e reservar. Derreter o restante da margarina, acrescentar o creme de leite, mexer bem e acrescentar a farinha dissolvida. Mexer até engrossar. Acrescentar o shimeji e colocar sal a gosto. Deixar ferver. Salpicar cheiro verde. Servir com massa do seu gosto (usei talharim).

domingo, 15 de maio de 2011

Estreando a cartonagem!

Correndo e correndo!

Qual o valor do tempo? Pra mim pelo menos tem sido cada vez mais escasso! Ai, meu Deus!...


Entre horários hiper-mega-blaster-apertados, driblando compromissos e obrigações, consegui fazer estas caixas de cartonagem a um tempinho já e só agora consigo postá-las... Adorei a experiência!


Mais motivos para usar meus paninhos... J


E cumpri uma das resoluções deste ano: a de aprender cartonagem. Todas as minhas amiguinhas do curso de patch fazem/fizeram... e eu não podia ficar para trás, certo? J




Caixa para minha mãe guardar os cacarecos dela


Portas-joias para mim... haja joias! rs

Para ouvir e relaxar: Hooverphonic

Para relaxar, mais uma música, já que meu playlist cada vez mais pobrinho funciona só de vez em quando... rs. E o desliguem para ouvir este vídeo...

Não sei o que acontece mas não consegui o código de inserção desse vídeo no Youtube... então vai direto por aqui mesmo:

Abobrinhas recheadas


Fiz estas abobrinhas para um almoço dia desses e gostei! A receita peguei no blog Chocolate em Pó.



Abobrinhas recheadas



Abobrinhas (usei 2)

Requeijão ou catupiry (usei catupiry)


Alho


Azeite para refogar


Queijo ralado




Lave bem as abobrinhas, corte as 2 pontas, e depois corte ao meio para ficar 2 barquinhos.


Coloque em um panela com água e um pouco de sal e cozinhe as abobrinhas al dente. Retire as sementes e pique. Reserve. Ajeite as abobrinhas num refratário para irem ao forno. Em uma panela refogue no azeite o alho e o miolo das abobrinhas. Junte o requeijão ou catupiry e misture bem. Recheie as abobrinhas com esse creme e salpique queijo ralado por cima. Leve ao forno para gratinar.

Pastel integral assado

Para complementar o vídeo que acabei de postar (rsrs) fiz estes pastéis de farinha integral. A receita peguei no Facebook da minha prô de quarta à noite de vez em quando Rute Sato (mais falto do que vou por conta do corre-corre na empresa onde trabalho... ). Delícia esses pastéis... hum!

Pastel integral assado


1 tablete de fermento biológico fresco


1 colher (sobremesa) de açúcar


1 colher (sobremesa) de sal



300ml de água morna


100ml de óleo


3 xícaras (chá) de farinha de trigo


1 ½ xícara (chá) de farinha integral



Numa tigela grande dissolva completamente o fermento no açúcar e no sal. Junte o óleo e a água morna. Vá colocando a farinha aos poucos. Sove a massa numa superfície enfarinhada. Separe em 2 partes iguais e faça 2 rolos. Agora divida cada rolo em 16 partes, formando bolinhos. Você terá no total 32 bolinhos. Deixe os bolinhos descansarem durante 15 minutos. Abra cada bolinho em formato circular com a ajuda de um rolo para massas (eu uso um copo para fazer isso). Recheie fartamente e feche unindo as bordas. Coloque os pastéis numa assadeira sem untar e asse no forno a 210°C por cerca de 30 a 40 minutos ou até dourarem embaixo.



Recheio: misture 500g de ricota, 150g de tomate seco picado, azeitonas picadas (usei as pretas), manjericão fresco picado e um pouco de sal.

Vídeo de farinha

Recebi por e-mail e achei este vídeo (propaganda de uma marca de pão) muito legal!



video

domingo, 8 de maio de 2011

Mães...

Quero desejar um dia especial para todas aquelas que, como a minha mãe, tiveram os seus filhos, educaram e cuidaram com carinho e sacrifício, amaram incondicionalmente...

Qualquer que seja o credo, a religião, a raça, a condição social, que sejam sempre felizes!

PS: Encontrei esta imagem na Internet e gostei muito!

segunda-feira, 2 de maio de 2011

Mimos, cupcakes e presentes de níver

Apesar de viver cercada por muita gente bacana, tenho poucas amigas, aquelas que posso contar nas horas alegres e tristes também... Duas delas fizeram níver por esses dias e as presenteei com estas camisetas baby look. Gosto muito das camisetas desta marca, pois os desenhos, as estampas e as cores são muito bonitos. Mas olhando pras camisetas assim, sozinhas, achei-as tão sem graça!






Resolvi então embalá-las nestas sacolinhas que fiz, com aquelas mensagens tão bacaninhas. Deu um tchan a mais e substituiu à altura um papel de embrulho...




Agora todas as minhas amigas aniversariantes irão ganhar uma camiseta nesta sacolinha este ano! J







Essas amigas, para comemorar, resolveram fazer ontem um almoço bem gostoso e eu quis levar uma sobremesa para contribuir. Acho a combinação chocolate + morango muito mais do que deliciosa! Fiz então estas mini-tacinhas com brigadeiro de colher + mousse de morango, e depois salpiquei granulados cor pink para dar uma graça... E pra ficar mais gracinha ainda, coloquei estes mini-guarda-chuvinhas para enfeitar...







Para montar as tacinhas como eu fiz...




Brigadeiro de colher



Leve ao fogo baixo numa panela, 1 lata de leite condensado e 100g de chocolate meio-amargo picado. Deixe por cerca de 8 minutos ou até desgrudar do fundo da panela. Desligue e acrescente 1 caixinha de creme de leite e misture bem. Coloque até a metade nas tacinhas.


Mousse rápida de morango



Prepare 1 caixinha de gelatina de morango conforme instruções da embalagem, só não coloque na geladeira. Bata no liquidificador junto com 1 lata de leite condensado e 1 caixinha de creme de leite. Coloque na tacinha até a borda. Enfeite com confeitos coloridos.


E aqui o que as aniversariantes aprontaram... o almoço, a decoração, o capricho de cada detalhe, os mimos...






















Depois no final da festa as lembrancinhas que são muito mais que presentes! J



Presentinhos japoneses!

Ganhei tudo isso do meu irmão... tudo made in Japan: livros, tecidinhos, fazedor de fuxico formato coração, fazedor de laços para presentes... Até que ele sabe comprar direitinho coisinhas de patch, né? J



E o melhor... agora posso aposentar meu “tijolinho” e usar e abusar deste presentão: uma nova câmera digital, com mil recursos – é panorâmica e tem efeito de pele macia, pode?! Agora é só decifrar o “manuel” inteiro... rs. A maioria das fotos dos posts de hoje foram tiradas com este meu brinquedinho novo... J


Casa de ferreiro...

... espeto de pau!


Sei que é ecologicamente incorreto, mas como não tenho tempo pra fazer um puxa-saco pra minha cozinha, então comprei este que achei bonitinho... J