terça-feira, 12 de junho de 2012

Exposição Guerra e Paz, de Cândido Portinari


No mesmo dia do Bazar Ógente e depois de se fartar no Kidoairaku, eu e a Rosinha fomos zarpar para a belíssima exposição Guerra e Paz, de Cândido Portinari - o último dia foi em 20 de maio (tinha sido prorrogada por mais 1 mês), lá no Memorial da América Latina.
Pra quem não sabe, esses dois grandes painéis pintados por Cândido Portinari tem 14 x 10m, e foram os últimos trabalhos do pintor, que foram encomendados pelo Governo brasileiro para presentear a sede da ONU, em NY. Ficavam num lugar restrito, sem acesso ao público. A sede da ONU está passando por uma grande reforma e então foi uma oportunidade do povo brasileiro apreciar essas obras primas (já restauradas no ano passado no RJ), já que foram articuladas as suas vindas para o Brasil. Oportunidade única e imperdível!
O mural "Guerra"...

O mural "Paz"...

Um pequeno detalhe da "Guerra"...

E um outro da "Paz"...

Projeção de vídeo com interface digital utilizando foto ao lado...


No anexo do Memorial também havia uma exposição com os mais de 100 estudos referentes à essas obras, que na verdade, são pequenas obras-primas... Era proibido fotografar essa parte, infelizmente.

Durante a minha estada em Brasília, fui a muitos museus e exposições, e aqui em Sampa dificilmente vou... Graças a Rosinha, consegui ir na Guerra e Paz... rsrs.
E aproveitando que a exposição foi no Memorial da América Latina, fotografei os espaços de Oscar Niemeyer. Confesso que eu nunca tinha adentrado lá, só passado do lado de fora. Sou a vergonha da minha classe profissional... rsrs.







Um comentário:

Leandra Giovanetti disse...

Que lindo seu blog...Parabéns
memoriasdabieleta.blogspot.com
leandra giovanetti