sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Meus 10 anos de patch

O meu dia normal é dedicado às 8 horas (às vezes até mais!) do meu emprego formal e 4 ou 5 horas do meu amado hobby que é o patch.
É claro que às vezes chego em casa morta de cansaço e me dou o direito de não fazer absolutamente nada, como hoje...
Início de feriadão... preguiça total.
Mas hoje vou falar um pouquinho sobre os meus 10 anos de patchwork...
Iniciei no dia 9 de outubro de 1999. Desde que comecei, nunca imaginei que fosse alçar tantos vôos... fazer tantas peças, aprender tantas coisas (não só técnicas e projetos, mas lições de vida também!), travar amizades tão valiosas... Com o patch, passei a ser mais paciente e sensível, e não dar tanta importância às coisas pequenas da vida e sim, dar mais valor às pequenas coisas...
Eu poderia discorrer linhas e linhas sobre o assunto, mas acho que boa parte das pessoas teria preguiça em ler... rs. Então paro por aqui, desejando a todos um ótimo e maravilhoso feriadão!
PS: Não pensem que o meu armário é todo arrumadinho assim... rsrs. Foi só no dia da foto mesmo!

domingo, 25 de outubro de 2009

Pequenas peças, grandes alunas!

Estas são as peças das minhas alunas do Atelier Sandra Fodor...

Este estojinho é da Alessandra.











Esta capinha para celular é da Daniela.
















Estes lixinhos com porta-alfinetes são da Dina e Márcia Xandu (finalmente resolveram fazer sem os mesmos tecidos, hein? rsrs).



Esta bolsinha de mão é a primeira peça da Regina. Parabéns, Rê!

Encomendas entregues

Parte (corrigindo: pequena parte... rs) de mais encomendas finalizadas e entregues... ufa!

Esta capinha para celular foi pra amiga Cidoca – nem preciso comentar que ela adora gatos, né?


E esta outra capinha para celular e o porta-lixinho para carro foram para a amiga Luciana – esta adora cachorros... e gatos!

Almoço no capricho e um aniversário!

Hoje fiz este quiche Ratatouille (peguei do blog Mirepoix) e estas almôndegas recheadas com mussarela...
Outro dia fiz o Ratatouille propriamente dito e como sempre, esqueci de fotografar... rs.
Posto também a receita de um bolo simples de côco, que fiz para o níver de meu pai dia 20 último...

Quiche Ratatouille

Massa
1 e 1/2 xícara (chá) de farinha de trigo
1 pitada de sal
1 pitada de páprica
1 pitada de açúcar
2 gemas
7 colheres (sopa) de manteiga
7 colheres (sopa) de queijo ralado
Numa superfície plana, peneire a farinha com o sal, a páprica e o açúcar. Junte as gemas, a manteiga em pedaços e o queijo ralado e misture bem. Faça uma bola, cubra e deixe descansar na geladeira por 2 horas. Abra a massa com um cilindro e coloque-a em uma assadeira de 24 cm de diâmetro forrada com papel manteiga umedecido e espremido. Fure o fundo da massa e deixe-a na geladeira por mais 30 minutos.

Recheio
1 cebola picada
1 pimentão em cubos pequenos
1 abobrinha em cubos pequenos
1 berinjela em cubos pequenos
1 tomate em cubos pequenos
azeite de oliva
2 ramos de orégano e manjerona
1 ovo
7 colheres (sopa) de ricota
100 ml de creme de leite
1 colher (sopa) de queijo ralado
sal e pimenta-do-reino a gosto
Numa frigideira, refogue a cebola, o pimentão, a abobrinha, a berinjela e o tomate no azeite de oliva por 5-6 minutos, em fogo médio, mexendo de vez em quando. Tempere com sal e pimenta-do-reino e adicione o orégano e a manjerona. Misture a ricota com o ovo numa tigela, amassando com um garfo. Junte o creme de leite e os legumes e misture bem. Despeje o recheio sobre a massa, nivele com uma espátula e polvilhe o queijo ralado. Leve ao forno médio, preaquecido, por 50 minutos, ou até dourar a superfície e o recheio ficar firme. Sirva quente ou fria. Rendimento: 8 porções

Almôndegas recheadas com mussarela

Faça almôndegas com 500 g de carne moída (uso o patinho moído 2 vezes), 1 pãezinho francês amanhecido e amolecido na água, um pouco de farinha de trigo, sal e pimenta a gosto. Enrole dando o formato e dentro recheie com cubinho de mussarela, depois enrole em farinha de trigo. Frite em óleo bem quente e escorra. Reserve. À parte, numa panela faça um molho com tomates ou use molho pronto, tempere e jogue as almôndegas. Polvilhe cheiro verde.

Bolo de côco

1 copo de leite
2 copos de açúcar (usei 1 1/2)
2 copos de farinha de trigo
3 ovos
2 colheres (sopa) de margarina
1 colher (sopa) de fermento em pó
Bata tudo no liquidificador menos o fermento. Coloque o fermento e bata de novo. Coloque a massa numa forma ou pirex untado e farinhado. Leve ao forno até que ao enfiar um palito, este saia limpo.

Calda
1 vidro de leite de côco
100 g de côco ralado
Um pouco de açúcar (usei 3 colheres mal cheias)
Coque tudo numa vasilha e misture. Espalhe sobre o bolo depois de assado e leve à geladeira.

Tempo perdido...

Não, não é sobre a música do Legião Urbana... rs – embora eu adore e tenha todos os CD’s e agora todas as músicas no meu iPod!

É sobre um poema que recebi por e-mail da amiga Dri, e que foi atribuído ao grande Mário Quintana (será que é dele mesmo?). Mas de qualquer forma, achei lindo e as palavras fazem muito sentido!


'A vida é o dever que nós trouxemos para fazer em casa’
(Mário Quintana)
'Quando se vê, já são seis horas!
Quando se vê, já é sexta-feira...
Quando se vê, já terminou o ano...
Quando se vê, perdemos o amor da nossa vida.
Quando se vê, já se passaram 50 anos!
Agora é tarde demais para ser reprovado.
Se me fosse dado, um dia, outra oportunidade, eu nem olhava o relógio. Seguiria sempre em frente e iria jogando, pelo caminho, a casca dourada e inútil das horas.
Desta forma, eu digo: não deixe de fazer algo de que gosta devido a falta de tempo; a única falta que terá, será desse tempo que infelizmente não voltará mais.'

domingo, 18 de outubro de 2009

Almofada em tesselation


Olhando minhas postagens, sinto que falta mais peças com o patchwork tradicional... Resolvi então postar esta capa para almofada em tesselation, toda em azul – minha cor favorita!

PS: Tenho algumas peças nesse estilo que tenho que finalizar, e na medida do possível estarei postando aqui...

Sacolinha com pintura em giz de cera

Quando vi os trabalhos com essa técnica da amiga Kátia, fiquei com curiosidade em experimentar, fiz umas aulinhas com ela e ei-la aqui, pintadinha e costuradinha por mim.
Oba, mais uma sacolinha para os meus bordadinhos!

Oncinha...

Confesso que tenho o meu lado perua, e por isso fiz esta pequena bolsa com estampa de oncinha... rs.
Adorei e quero fazer mais, com estampas de outros bichos – girafa, zebra, cobra... e flores também!

Chove chuva...

Como chove nesta terra! E a previsão é de mais chuva...
Dia preguiçoso, vontade de ficar em casa... então posto esta receitinha simples de bolinhos de chuva – receita da mamis. Foram feitos no olhômetro por mim, pois tinha fubá e um restinho de goiabada... São frituras, mas em finais-de-semana acho que podemos abusar um pouquinho, né... rs.

Bolinhos de chuva de fubá

2 ½ xícaras (chá) de fubá
1 ½ xícara (chá) de farinha de trigo
½ xícara (chá) de açúcar
2 ovos
1 colher (sopa) de fermento em pó
1 xícara (chá) de água
Cubinhos de goiabada

Misture tudo e frite às colheradas em óleo quente. Polvilhe com açúcar de confeiteiro se quiser.

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Ao mestre com carinho...


"Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina" (da maravilhosa Cora Coralina).
O post de hoje é curtinho... apenas para homenagear todos os professores - incluindo eu, né! rs...
Alguns professores especiais passaram pela minha vida, e continuam passando...

Parabéns!

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Mafalda brasileira


Quero apresentar a Mafalda de pano que fiz e que ilustra meu perfil no blog e o post de hoje pro Dia das Crianças... rs.
Sim, cheguei a incursionar um pouco pela área de bonecas de pano...
Acho que fazer uma boneca de pano é bem diferente de uma peça de patchwork! São dois universos bem distintos...
Bem... mas o que importa é que ambos utilizam tecidos e que eu adoro!

Feliz Dia das Crianças e ótimo feriado para todos! rs
E lembrem-se... não vamos deixar morrer nunca aquela “criança” que mora dentro de nós...

Para adoçar a vida!

Ahhh, nada como um feriadinho para colocar as pernocas pro ar ou simplesmente colocar o sono em dia (se é que isso existe... rs)!
Hoje fiz esta receitinha... Esta trufa falsa quem me passou a receita foi minha amiga de sempre e de infância, a Marta. O filhinho dela aprendeu na escolinha onde estuda, e é super fácil e rápido de fazer! Hum, e uma delícia!

Trufa falsa
1 lata de leite em pó
1 lata de achocolatado em pó
2 latas de leite condensado
Amasse tudo (tem que ser com as mãos), enrole e passe em chocolate em pó (aquele do frade).
Rende cerca de 100 docinhos.
PS: Fiz só a metade da receita!

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Porta-marmita ou frasqueira alimentar

E já que estou falando sobre comida... rsrs... nada mais justo do que falar sobre as minhas frasqueiras companheiras de todos os dias... Apesar de eu receber vale-refeição da empresa onde trabalho, prefiro levar a comidinha de casa, que é muito mais saudável e pelo menos sei como é feita... Melhor que muitos restaurantes por quilo por aí, concordam?

PS 1: Estou finalizando um joguinho americano que faz conjunto com este cor-de-rosa, e outra frasqueira com estampa de maçãzinhas... depois postarei outra foto no lugar! É que fiquei tão ansiosa para postar logo a novidade! rs
PS 2: Os botõezinhos de cupcakes foram feitos em biscuit pela minha amiga e aluna Alessandra... muito fofos!


Yakisoba da mamãe

É sabido que o yakisoba é um dos pratos prediletos entre os brasileiros... rs. Este é o yakisoba que a minha mãe prepara...

Yakisoba

Numa panela grande, esquente ½ xícara (chá) de óleo. Frite ligeiramente 500g de frango picado em tiras (ou carne bovina ou porco ou camarão... ou todos, por que não? rs). Coloque 2 cenouras médias cortadas em rodelas e um pouco de vagens picadas, e deixe cozinhar por uns 5 minutos com a panela tampada. Junte o restante de legumes: 1 cebola grande picada grosseiramente, 6 folhas de acelga picadas, 1 pimentão verde picado, 1 pimentão vermelho picado, alguns buquês de couve-flor e brócolis (pode juntar outros legumes se quiser). Junte o sal e 3 colheres (sopa) de amido de milho misturados com 2 xícaras (chá) de água (se quiser mais caldo, coloque mais água), e cozinhe até o caldo engrossar e deixar os legumes al dente. Por último junte 2 colheres (sopa) de óleo de gergelim. Cozinhe al dente 500g de macarrão instantâneo próprio para yakisoba (deixe cozinhar 3 minutos após levantar fervura). Escorrer em água fria. Numa frigideira antiaderente com um pouco de óleo, frite o macarrão. Junte o caldo com os legumes e sirva.

E aqui vai um vídeo engraçadinho sobre o prato... rs (recebi por e-mail, não lembro de quem, pra variar, faz muuuito tempo! rs).
Ah, e desliguem o playlist do Patchworkahólika abaixo para ver e ouvir o vídeo:

video

Quem não conseguir, podem acessar por aqui: http://www.youtube.com/watch?v=M-Ql2EeP6Gw

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Sacolinha para meus bordadinhos

Fiz esta sacolinha para carregar meus bordados pra lá e pra cá... Gostei tanto que vou fazer mais modelitos!
O tecido estampado que ilustra o bolso é de Nancy Halvorsen, da coleção Art to Heart.

Alunas da Butterfly

Aqui mais alguns trabalhos das minhas alunas da Butterfly House...

Estas são as pecinhas da Renata: bolsinha para materiais de bordado e toalhinhas com barrado em appliqué natalinos... garota esperta!



Esta almofada é a primeira peça da Fátima... diz ela que foi apenas uma tentativa de almofada... Não achei, não, pois pra quem nunca pegou uma agulha na mão ou pisou no pedal da máquina de costura... ela se saiu muito bem!